O Serviço Social do Comércio (Sesc) é uma instituição criada pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo, em 1946. Em Alagoas, o Sesc iniciou a sua atuação em 1948. É uma entidade sem fins lucrativos, de natureza privada e integrante do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac. Mantido pelos empresários que recolhem 1,5% da sua folha de pagamento, o Sesc é voltado, prioritariamente, para o atendimento ao trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes.

Um terço de sua receita compulsória líquida é destinada ao Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG), o que reforça o compromisso da entidade com o social. O percentual é aplicado na área de educação ou ações educativas de outros programas. A instituição é auditada pela Controladoria Geral da União (CGU), passa por auditoria interna e as contas são analisadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

As Unidades do Sesc Alagoas estão situadas em Maceió, nos bairros do Poço, Guaxuma, Centro e Jaraguá. E nos municípios de Arapiraca, Palmeira dos Índios (Sesc Ler) e Teotônio Vilela (Sesc Ler). A entidade atua nas áreas de Educação, Saúde, Cultura, Lazer e Assistência.

MISSÃO

Contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e para a melhoria da qualidade de vida do trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo, prioritariamente de baixa renda, por meio de serviços subsidiados e de excelência.

VISÃO

Ser referência no Estado de Alagoas como entidade prestadora de serviços sociais.

VALORES

Ética;
Transparência;
Comprometimento;
Respeito às pessoas;
Respeito ao Meio Ambiente.

POLÍTICAS

Cumprimento dos referenciais institucionais;
Zelo pela imagem institucional;
Foco na qualidade;
Valorização das pessoas;
Priorização do desenvolvimento profissional;
Eficiência na utilização dos recursos financeiros;
Comprometimento com o meio ambiente.