15 de dezembro de 2021

Mesa Brasil Sesc entrega mais de 1.300 Chesters para famílias carentes de Maceió e Arapiraca

Realizada em parceria com a companhia de alimentos BRF, iniciativa vai garantir a distribuição de 6 mil aves na capital e no interior

Pelo terceiro ano consecutivo, a Perdigão e o Sesc Alagoas uniram forças para garantir um Natal sem fome a famílias alagoanas em situação de vulnerabilidade social. Nesta quarta-feira (15), o Programa Mesa Brasil iniciou a entrega de 6 mil Chesters doados pela companhia de alimentos BRF. As primeiras 1.361 aves foram doadas a famílias assistidas por instituições sociais de Maceió e de Arapiraca.

Em Maceió, o Sesc realizou a entrega de 735 Chesters nas instituições sociais Pastoral da Criança de Bebedouro, Pastoral da Criança São João Batista e Santa Izabel, Juvenópolis e Associação dos Moradores do Jardim Glória e Adjacências.

Já em Arapiraca, foram distribuídas 626 aves para famílias assistidas pelas entidades Associação Pestalozzi, Associação de Desenvolvimento da Comunidade Remanescente de Quilombos Carrasco, Associação Comunitária dos Mini e Pequenos Produtores Rurais do Povoado Pau D’arco, Associação São Vicente de Paulo e Núcleo Espírita Seareiros de Jesus.

Até o fim desta semana, a iniciativa vai garantir a distribuição de 6 mil Chesters nos municípios de Maceió, Arapiraca, Colônia Leopoldina, Joaquim Gomes, Igaci, Maribondo, Girau do Ponciano e Palmeira dos Índios. Uma das pessoas contempladas foi a aposentada Maria Rita da Silva, 70 anos, que mora com dois filhos na Chã da Jaqueira. Segundo ela, o dinheiro que recebe mensalmente não é suficiente para gastos básicos.

“Meus filhos estão desempregados e hoje só temos a minha aposentadoria para comprar alimentação, gás, remédio e pagar as contas. A gente passa muito aperto. Só vamos comer Chester porque ganhamos, não podemos comprar porque é muito caro, por isso, agradeço a quem está nos ajudando e peço que continuem ajudando as pessoas que precisam”, contou.

As dificuldades são as mesmas para a costureira de 65 anos Maria José Oliveira, que recebeu com alegria uma das aves distribuídas no Petrópolis, Maceió. “A nossa vida é apertada porque ganho somente um salário mínimo e tenho dificuldades pra pagar as contas, mas mesmo com todo aperto somos felizes na simplicidade e graças a entrega desse Chester vamos ter um Natal mais feliz em família”, relatou.

15 de dezembro de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *