16 de novembro de 2021

Alunos do Sesc Jaraguá participam de oficina de música com grupo da Orquestra de Tambores de Alagoas

A atividade faz parte do Projeto Sesc Identidade Brasilis e visa promover a produção artístico-cultural de povos negros e indígenas

Maracatu, coco de roda e coco de embolada, esses foram os ritmos apresentados hoje (16) aos alunos do 4º e do 5º ano da Unidade de Educação Sesc Jaraguá. Durante os turnos da manhã e da tarde, os alunos participaram de uma oficina de música com um grupo da Orquestra de Tambores de Alagoas e tiveram a oportunidade de aprender mais sobre a própria cultura. A atividade faz parte do Projeto Sesc Identidade Brasilis, que visa promover e dar visibilidade a produção artístico-cultural de povos negros e indígenas por meio de ações formativas.

A oficina foi ministrada pelo professor Wilson Santos, juntamente com outros integrantes da Orquestra de Tambores de Alagoas. Wilson falou que as crianças precisam conhecer suas origens e aprender a valorizá-las porque isso traz autoestima, além da possibilidade de observar o mundo por outro prisma e de enxergar a própria cultura como algo belo. “Quando se abre uma possibilidade como essa, ficamos muito felizes porque todo mundo ganha. Ganha a sociedade e ganha a arte e a cultura brasileira, que tem sua força motriz nos povos de matriz africana e nos povos indígenas”, afirmou.

Além de escutarem os ritmos, os alunos participaram tocando e cantando com o grupo da orquestra. Samuel Barbosa, do 5º ano, disse que gostou de aprender os ritmos tocados e que acha importante conhecer a própria cultura. Na próxima sexta-feira (19), os alunos do 2º e 3º ano do Sesc Jaraguá participarão de uma oficina de arte indígena (pintura corporal) e de uma oficina de arte africana (máscaras).

16 de novembro de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *