22 de setembro de 2021

Projeto Sesc Solidário distribui sopas em instituição localizada na Ponta Grossa

Até o final deste ano, cinco instituições em Alagoas serão beneficiadas pelo projeto

Cem sopas por dia, uma organização diferente beneficiada a cada mês e milhares de pessoas atendidas. Esses são os resultados, já observados, da ação viabilizada pelo Projeto Sesc Solidário em Alagoas. Para se ter uma ideia, ao todo serão cerca de 10.000 sopas distribuídas.

Neste mês, a instituição escolhida foi o Lar Assistencial Nossa Senhora Mãe dos Pobres, fundado em 1980. De acordo com a representante da entidade, Sandra Falcão, o lugar, que iniciou seus trabalhos como uma creche filantrópica, atualmente apresenta três programas principais: capacitação profissional de mulheres autônomas, atendimento médico para a comunidade e um clube de idosos.

Os programas oferecidos pela organização estão atrelados também à assistência alimentar e atendimentos sociais em variados âmbitos. Ao todo, regularmente, são beneficiados 200 idosos e 80 mulheres em idade produtiva, além de indivíduos em situação de rua que se encontram na comunidade.

Frequentadora do Lar Assistencial há 11 anos, Maria José de Oliveira foi uma das pessoas beneficiadas pela entrega das sopas. Segundo Maria José, no Lar Assistencial, ela encontra um espaço para socialização e exercício da sua fé. Aposentada, ela sustenta sua casa e dois netos com apenas um salário mínimo, e o recebimento das sopas faz diferença em seu dia a dia. No contexto em que vive, nas palavras dela, “toda ajuda é bem-vinda”.

Projeto Sesc Solidário 

A entrega das sopas é uma iniciativa do Departamento Nacional do Sesc, desenvolvida por meio do Projeto Sesc Solidário. A ação, idealizada pela área de Nutrição e executada em parceria com o Mesa Brasil, visa minimizar, em caráter emergencial, o impacto causado pelo agravamento da fome durante a pandemia da Covid-19.

Em Alagoas, cinco instituições sociais foram selecionadas para serem atendidas: Pastoral da Criança da Vila Brejal; Sociedade Beneficente Lar Assistencial Nossa Senhora Mãe do Povo; Associação Comunitária dos Moradores do Conjunto Santo Onofre e Comunidade São Rafael; Movimento Dando as Mãos (MDM); Instituto Mãe Nena. Além do trabalho desenvolvido por cada entidade, o principal critério para essa seleção foi o nível de vulnerabilidade social constatado nas regiões em que as instituições estão inseridas.

22 de setembro de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *