19 de agosto de 2021

Sesc Alagoas realiza evento de lançamento do Projeto Fortes Raízes

Iniciativa é voltada a mulheres maceioenses com histórico de violência doméstica

O Sesc Alagoas lançou, em evento realizado na tarde desta quinta-feira (19), no auditório do Senac Poço, o Projeto Fortes Raízes. Realizada por meio de uma parceria com o Centro de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM/AL) e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Maceió (CODIM), a iniciativa tem por objetivo apoiar, com ações educativas na área da saúde, mulheres em situação de violência doméstica.

As atividades do projeto acontecerão até o mês de dezembro, nas unidades Sesc Poço e Sesc Guaxuma, com a participação de 30 mulheres inseridas em contextos de vulnerabilidade social. A iniciativa conta com o apoio do Senac Alagoas e da Prefeitura de Maceió, por meio do Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres.

O evento de lançamento teve a participação da coordenadora do Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres, Ana Paula Mendes, da coordenadora técnica da Casa da Mulher Alagoana, Salete Beltrão, da Promotora de Justiça de Alagoas, Ariadne Dantas de Meneses, da Diretora Regional do Senac Alagoas, Telma Ribeiro, da Diretora Regional do Sesc Alagoas, Maria Ivanilda da Silva e do presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Gilton Lima.

Durante o evento, a Promotora de Justiça de Alagoas, Ariadne Dantas de Menezes, fez uma fala a respeito do tema “O papel do MPE no combate à violência contra a mulher”. Em seguida, a assistente social e professora da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Marli de Araújo, também participou da discussão abordando o tema “Mulheres que apoiam mulheres”. O evento também contou com depoimentos de mulheres que foram submetidas a situações de violência.

A programação do projeto contará com oficinas temáticas sobre empoderamento e autoconhecimento, saúde e autoestima, lazer e saúde, de personalização de camisetas, além de encontro com a temática da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e vivência teatral. O grupo de 30 mulheres terá, ainda, a oportunidade de participar de cursos disponibilizados pelo Senac Alagoas.

Ao realizar o projeto, o Sesc Alagoas tem como meta a construção de novas perspectivas de vida para mulheres vítimas da violência doméstica.

19 de agosto de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *