16 de março de 2021

BiblioSesc recebe estudantes para incentivar o gosto pela leitura

Crianças e adolescentes participantes do PCG visitam a unidade móvel no Sesc Poço

O BiblioSesc é uma biblioteca volante que percorre o estado para ampliar possibilidades de leitura em comunidades onde o acesso à literatura é limitado. Com a chegada da pandemia, o projeto ficou temporariamente suspenso e ainda não tem previsão para retomar as suas atividades itinerantes. No entanto, com o propósito de continuar incentivando o gosto pela leitura, o BiblioSesc passou a receber estudantes de escolas públicas e privadas que participam de projetos do Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG), que destina um 1/3 da receita líquida compulsória da instituição ao desenvolvimento de ações no âmbito da educação.

As atividades estão sendo realizadas na Unidade Sesc Poço, onde a biblioteca volante está estacionada. Os alunos de Futsal já começaram a visitar o local as terças e quintas-feiras. As turmas de Ginástica Rítmica vão iniciar as visitas a partir dessa semana. Dentro do BiblioSesc, os estudantes são convidados a conhecer o projeto e incentivados a “mergulhar” no mundo da literatura por meio de diversos títulos.

A auxiliar de biblioteca do Sesc Alagoas, Mônica Meireles, explica que o principal objetivo é fazer com que o aluno comece a ver a leitura como uma atividade que, além de enriquecedora, também pode ser prazerosa. “Depois de falarmos sobre o que é o projeto, também conversamos com os alunos visitantes sobre a importância da leitura na vida deles, mostrando que podem ler o que quiser para despertar a imaginação”, comenta.

“Durante a visita ao projeto, também há um momento de contação de história no qual os alunos são estimulados a falar sobre os sonhos deles e a criar novas histórias a partir dos relatos”, acrescenta Mônica.

O estudante Duan Monteiro, 11 anos, provou a experiência e disse que pretende visitar a biblioteca volante do Sesc mais vezes. “Achei bom esse momento porque a gente aprende mais. E eu também fiquei com vontade de ler mais, de conhecer melhor os livros que estão lá”, conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *