19 de maio de 2020

Violência contra a mulher é tema de live

O tema será abordado pela doutora e professora da Ufal, Marli de Araújo

O Sesc tem tido o cuidado de abordar temas distintos nas lives realizadas pelo Instagram da entidade durante o período de isolamento social. Amanhã (20), às 16h, o assunto será a violência contra a mulher. Será que aumentou? Quais providências as vítimas devem adotar? Qual o cenário em Alagoas? Para abordar o tema “Violência doméstica contra a mulher: uma questão na pandemia”, o Sesc Alagoas convidou a doutora Marli de Araújo Santos.

Graduada e mestra em Serviço Social pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e doutora em Serviço Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Marli, atualmente, é professora adjunta da Ufal, campus Arapiraca; unidade Palmeira dos Índios no curso de Serviço Social.

Ela é membro do Núcleo de Estudos Afro Brasileiro e Indígena (NEABI/UFAL), membro do GTP/ABEPSS Gênero, Raça e Sexualidade. Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em gênero, violência contra mulheres e relações étnico-raciais atuando, principalmente, nos seguintes temas: educação em direitos humanos, educação, direitos, gênero, violência doméstica.

O tema interessa diretamente a todas as mulheres e aos homens que têm esposas, irmãs, filhas, sobrinhas, mães e outras mulheres importantes em suas vidas. A live será mediada pela Assistente Social do Sesc, Mabel de Araújo. Então, esperamos por você porque o Sesc entende que a conversa e a informação levam à cidadania.