5 de fevereiro de 2020

Ação sobre o Dia Mundial do Câncer é promovida em Maceió

A atividade foi realizada pelo Sesc e demais parceiros, no Calçadão do Centro da cidade

Antes do tratamento, a prevenção. Esse pensamento vale para qualquer tipo de enfermidade, mas os cuidados são dobrados quando se fala em câncer. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que, neste ano, o Brasil poderá ter mais de 625 mil novos casos da doença. É pensando em combater esses dados alarmantes que o Sesc Alagoas realizou, na terça-feira (4), uma ação gratuita no calçadão do Centro de Maceió, com a participação de instituições parceiras.

Como de costume, foram realizados serviços de verificação de pressão, glicemia, orientação nutricional, verificação de medidas, orientações sobre a importância da prática esportiva, orientações sobre saúde bucal, estande da prevenção de IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis)/HIV/Aids e atividade educativa sobre alimentação saudável. Os serviços oferecidos foram pelas equipes da Coordenação de Saúde (Csau) e Mesa Brasil, do Regional Alagoas.

A marisqueira Maria da Paz estava participando da ação pela terceira vez. “É bom, né? Às vezes a gente não tem tempo de ir ao médico marcar uma ficha, fazer um exame. Aqui a gente já tem resultado na hora. Aproveitei e peguei encaminhamento para fazer exames.” Para ela, a prevenção é muito importante e atividades como essa ajudam a vencer o medo da doença. “Minha mãe morreu disso [câncer], dei graças a Deus pela marcação do exame. É uma boa oportunidade pra gente”, disse.

A instituição sem fins lucrativos Rede Feminina de Combate ao Câncer – Alagoas participou, mais uma vez, como parceira do Sesc. Com a apresentação das suas atividades de doação de perucas e próteses mamárias para mulheres em tratamento, atuação da sua rede móvel e panfletagem de material sobre a prevenção do câncer de vesícula biliar. O grupo presta assistência a mulheres de baixa renda que estão em tratamento.

A coordenadora de prevenção da Rede, Majô Costa, ressaltou a importância da parceria. “Todos os anos somos convidadas e estamos presentes. Contamos com aquela carreta maravilhosa do Sesc que faz trabalho itinerante”, afirmou.

A instituição filantrópica Casa Rosa realizou mais de 80 encaminhamentos de exames de citologia e mamografia. Além de divulgar para o público sua atuação na luta contra o câncer de mama. A Casa Rosa é um programa da Associação de Pessoas com Câncer (Apecan) e atua, desde 2016, na luta contra a doença.