29 de julho de 2019

Sesc divulga programação completa do Projeto Sesc das Artes

Apresentações artísticas de espetáculos cênicos e musicais em Maceió e Arapiraca

Com o objetivo de multiplicar linguagens e o alcance da arte no imaginário popular, o Sesc realiza diversas ações culturais e proporciona aos expectadores a vivência de novas experiências por meio dessas diferentes expressões, reafirmando o compromisso com o fomento de uma política de produção e a difusão das artes.

Em agosto, entre os dias 02 e 31, nas cidades de Maceió (Unidade Sesc Centro/Teatro Jofre Soares) e Arapiraca (Unidade Sesc Arapiraca/Teatro Hermeto Pascoal), será realizado o Projeto Sesc das Artes, com apresentações artísticas de espetáculos cênicos e musicais.

As entradas serão trocadas 1h antes de cada espetáculo, mediante ingressos solidários, com a doação de 01kg de alimento não perecível, destinado às instituições cadastradas no Programa Mesa Brasil

 

Sobre o Sesc das Artes

Ação voltada ao fomento e difusão da produção artístico cultural alagoana, bem como a formação de plateia, considerando seu aspecto formador que inclui o desenvolvimento de atividades regulares. Tem por objetivo incentivar a difusão de espetáculos alagoanos, possibilitando que os grupos tenham suas metodologias, linguagens e técnicas amplamente divulgadas, conhecidas e reconhecidas, além de incentivar a produção de das artes no estado.

 

PROGRAMAÇÃO – MACEIÓ

ROGERIO DYAZ E A TRINCHEIRA

Música/ Livre

03/08, 17h, Teatro Jofre Soares – Sesc Centro

Rogério Dyaz e a Trincheira apresentam um show de ritmos com poesia, dança, coco, forró, boi e maracatu. É com entusiasmo e muita paixão que representam a diversidade das expressões da cultura popular nordestina e se relacionam com seu tempo através de composições autênticas que encantam os olhares e os ouvidos. A banda é composta por Théo Batera, Gustavo Rolo, Júnior Core, Rogério Dyas, Marvin Guaxinin.

 

SINGULARIDADE

Grupo Resgate Crew – AL

Dança/ Livre / 55min

10/08, 17h, Teatro Jofre Soares – Sesc Centro

Neste espetáculo, o eu identidade é o tema central.

Falar em identidade é o mesmo que falar em se conhecer. O ser humano possui uma identidade, querendo ou não, entendendo ou não, conhecendo qual é essa identidade ou não. É através da identidade, que temos o reconhecimento de quem somos. Enquanto indivíduos. Reconhecemo-nos assim e, somos igualmente reconhecidos como sendo únicos, temos, portanto, uma identidade pessoal, uma identidade que só a nós pertence e que é construída através das vivências de cada um. O Resgate Crew, é um grupo de danças Urbanas que já está atuando desde 1997, formada por jovens que são da cidade São Miguel dos Campos-AL. Trabalhando na área desde 2006, especializaram-se em conhecer, praticar e produzir coreografias de danças urbanas (Breaking, Hip Hop Freestyle, Locking, krump, house e Popping). Dentre os últimos espetáculos produzidos pela equipe estão: Juntos pela paz, em 2012, Nas Batidas do Coração, em 2013, sendo este premiado pelo Sindicato dos Artistas como o melhor espetáculo de dança do estado de Alagoas no ano de 2013, espetáculo Pródigo, em 2014, Revolução, em 2015,

 

XAMEGUINHO DO ACORDEON

Música/ Livre

17/08, 17h, Teatro Jofre Soares – Sesc Centro

Sebastião José Ferreira, mais conhecido pelo nome artístico “Xameguinho”, é de Atalaia – AL. Começou a tocar aos 8 anos de idade com seu pai. Já gravou com Mano Walter, Chambinho do Acordeon, Kara Véia, Mestre Zinho, Messias Lima, Geraldo Cardoso, Claudio Rios, Chau do Pife dentre tantos outros. Se apresentou diversas vezes na Europa (Suíça, Alemanha, Bélgica, França e Itália) e agora vem investindo na sua carreira como compositor.

 

LE MONDE BLEU – O MUNDO AZUL

Grupo Raízes da Terra – AL

Teatro/ Livre / 50min

24/08, 17h, Teatro Jofre Soares – Sesc Centro

O mundo azul é um espetáculo performance, que trata do TEA – Transtorno do espectro autista – a visão de uma mãe de primeira viagem que descobre que seu filho é autista com apenas 1 ano de idade. E a partir dai começam as andanças pelos tratamentos multidisciplinares, de onde surge a inspiração para o espetáculo. Durante o espetáculo cenas do cotidiano e a vivência se misturam, trazendo o público para dentro do mundo do autismo de uma forma sensível, visceral e única. Dayane Teles é atriz, formada em Comunicação Social com ênfase em Publicidade Propaganda e Especialização em Metodologia do ensino das artes. Com especialidades na comunicação Teatral e circense, exerce a Função de pesquisadora nessa arte de comunicação mundial.

 

MESTRE GAMA

Música/ Livre

31/08, 17h, Teatro Jofre Soares – Sesc Centro

Mestre Gama, é multi-instrumentista, nascido em Marechal Deodoro. Com 13 anos de idade começou seus estudos musicais na Filarmônica Santa Cecília, onde aprendeu a tocar trompa. Participou de diversas bandas,  permanecendo na carreira de instrumentista durante muitos anos. Em 2015 gravou e lançou o seu primeiro CD, intitulado “Músicas, histórias e pifes”. Em seu trabalho com os pífanos tem destaque a sua dedicação ao ofício e precisão na afinação, sendo citado como um grande luthier do Brasil.

 

PROGRAMAÇÃO – ARAPIRACA

GRUPO QUIÇAÇA

Música/ Livre

02/08, 20h, Teatro Hermeto Pascoal -Sesc Arapiraca

Vestidos de versos, batuques, graves lineares, reggae, batidas diferenciadas, ruralismo e demais melodias progressivas bem como para desanuviar com várias referências à cultura nordestina, sobretudo de Arapiraca, o som da Quiçaça remete a um Nordeste que bebericava na psicodelia dos anos 70 com uma contextualização mais que precisa dos fenômenos musicais mais recentes. Quiçaça, que surge em 2016 com a junção de vários músicos arapiraquenses que possuem outros projetos, só que juntos criam a gênese desse Reggae Rural Progressivo e Psicodélico, casqueando o casco na trilha da catingueira e sabendo muito bem pra onde vai.

 

A FARSA DO ADVOGADO PATHELIN

Instituto de preparação para a cena -AL

Teatro/ Livre / 60min

09/08, 20h, Teatro Hermeto Pascoal -Sesc Arapiraca

A Farsa do Advogado Pathelin é uma peça de teatro francesa composta no fim da Idade Média, por volta de 1460 (foi encontrada em 1469). Critica e satiriza os costumes das duas mais fortes classes sociais da França do século XV, os comerciantes e os homens de leis. Os personagens são todos canalhas e Pathelin, o protagonista, mente descaradamente. A história fez com que Pathelin se tornasse um adjetivo pejorativo referente a alguém hipócrita.

 

BASÍLIO SEH

Música/ Livre

16/08, 20h, Teatro Hermeto Pascoal -Sesc Arapiraca

Rádio Cabeça é a soma do aprendizado de todo processo de vida do autor. Fundamentado por uma concepção, onde poderíamos chamar “MPB-Black-Rock-Jazz”, a partir de elementos característicos da cultura musical alagoana, o trabalho atual se configura entre balanços e baladas, de forma a buscar o equilíbrio entre a música para ouvir (curtir) como para dançar. Basilio Seh iniciou a carreira de músico tocando trompete na filarmônica “Lira Traipuense”. Os trabalhos publicados na carreira até o momento são: Oco do Mundo, DNA Caeté (CDs) e BASILIO SEH Urubuano (DVD). Além dos trabalhos citados, outras produções levam sua assinatura como o CD Viçosa do Nosso Brasil, a trilha sonora do filme documentário 1912 O Quebra de Xangô, a direção musical do 1° e do 2° CD Palco Aberto e o CD “Primeiro Ato” da cantora Roberta Aureliano. Ao longo da carreira, Basilio Seh participou de eventos musicais importantes como os projetos MPB Petrobrás, Pixinguinha, os festivais Canta Nordeste, FEMUCIC e Maceió Verão 2014.

 

Informações

 

Sesc Centro 3201-1350/1375

Sesc Arapiraca 3482-2402/2400

www.sescalagoas.com.br