6 de novembro de 2011

Apesar da chuva, Femusesc 2011 reafirma compromisso com a música alagoana

Apesar das chuvas fortes que caíram sobre Maceió neste fim de semana, a 13ª edição da Festa da Música do Sesc (Femusesc) reafirmou seu caráter de formação de plateia e de incentivo à produção musical de qualidade em Alagoas. A mostra encerrou ontem (05) com um show inesquecível do cantor e compositor paraibano Chico César, após a apresentação de 10 dos 14 artistas e bandas selecionados. O CD e o DVD (este gravado ao vivo, durante a mostra) são registros importantes para a memória da música local. A noite da sexta-feira (04) foi encerrada pela cantora potiguar Khrystal, uma das revelações da MPB contemporânea.

Com 210 músicas inscritas, este ano a Femusesc mudou de “casa”. Depois de algumas edições em Jaraguá (na praça Marcílio Dias e no Estacionamento de Jaraguá), a mostra aconteceu na Praça Multieventos, na Pajuçara, palco de muitos shows realizados na cidade. Além disso, após cada uma das apresentações, os artistas participavam de um bate-papo nos bastidores, comandado pelo mestre de cerimônias da Femusesc, Julien Costa. Numa conversa descontraída, transmitida para um telão ao lado do palco, os artistas falaram sobre a carreira e a emoção de participar da Femusesc 2011. “A Festa da Música do Sesc agrega valor ao currículo de qualquer artista alagoano. Sou eternamente grata por participar de projetos realizados pelo Sesc Alagoas”, afirmou a cantora Millane Hora, que se apresentou ontem (05).

Ainda neste mês e em dezembro, o Sesc realiza o projeto Circulação Sesc da Música Alagoana, que integra a programação da Femusesc 2011. Através do Circulação, seis dos 14 artistas selecionados irão percorrer, num show produzido pelo Sesc, as principais cidades alagoanas. A primeira etapa do Circulação Sesc 2011 acontece de 22 a 26 de novembro, e a segunda será realizada de 6 a 10 de dezembro, nas cidades de Palmeira dos Índios, Teotônio Vilela, Viçosa, Arapiraca e Penedo. Assim como a Femusesc, a entrada é gratuita.